domingo, setembro 16, 2007

As Amazonas


Donas de armas, cavalos e com uma estrutura social própria, as mulheres guerreiras chamadas de Amazonas foram imortalizadas na maioria das lendas como assassinas de homens. Como viviam em ilhas ou perto do mar, essas mulheres recebiam visitas de aventureiros, e dizem que elas engravidavam deles e ficavam somente com as filhas, escravizando ou matando os filhos.

Segundo uma lenda, as Amazonas eram filhas de Ares, deus da guerra. O deus teria dado um cinturão para a rainha Hipólita como símbolo do poder que a Amazona exercia sobre seu povo. O cinturão tem uma simbologia com “ligar”. Além de transmitir força, poder e proteção – tem valor iniciático.

A mais célebre luta das Amazonas aconteceu com o herói Hércules, que foi com alguns voluntários ao país das guerreiras a pedido da filha de Euristeu, Admeta, para buscar o Cinturão de Hipólita. Hércules raptou Hipólita e provocou a guerra das Amazonas contra Atenas.

Hipólita resolveu entregar o cinturão a Hércules, mas Hera se disfarçou em amazona e provocou uma briga entre as habitantes do local e os companheiros de Hércules. O herói, achando que foi traído por ela, a matou.

(...)
Solange Firmino

Texto completo na coluna Mito em Contexto.


*Imagem: representação de Ártemis de Éfeso com os seios.

3 comentários:

Vera disse...

Bem interessante o mito das amazonas. Ele pode nos explicar o lado amazonas da mulher de hoje que está na luta pela igualdade nos mercados com o homem. O seio dos valores, muitas vezes mutilado, é o preço do poder. Há que se refletir e aprender com estes heróis...

Palavras e co-lirius disse...

Concordo com Vera nesse ponto! Bom para aumentarmos nossas leituras acerca de um mito tão interessante. Valeu, Solange.

Rose disse...

Sol, o mito das Amazonas é fantástico e mais fantástico ainda é quando nos deparamos com muitas comparações em nossos dias. Ao final do texto você nos deixa um recado super importante e muito bem-vindo: "O importante é que atualmente as mulheres são encorajadas na superação de limites. Ainda há guerreiras na luta por uma sociedade onde homens e mulheres tenham papéis importantes na manutenção do planeta como casa de todos."
Ah, e ainda me lembrou de uma famosa marca de 'soutiens' chamada Ártemis, lembra?

Beijo carinhoso e sempre grata por tudo que aprendo aqui.