segunda-feira, março 13, 2006

Palhaço

Eu, de palhaça Borboleta


Sou palhaço
quando me disfarço.
Se por dentro
a dor não tem maquiagem,
por fora,
sorrisos e cores me fazem
contente.

Quando me escondo
em cambalhotas diárias,
sou mágico-equilibrista.

Se quero chorar,
máscaras não escondem lágrimas.
Mas se esqueço a tristeza,
logo volta o sorriso.

Solange Firmino




Comemora-se o Dia do Circo em 27 de março, numa homenagem ao palhaço brasileiro Piolin, que nasceu nessa data, no ano de 1897, na cidade de Ribeirão Preto, São Paulo.

Considerado por todos que o assistiram como um grande palhaço, se destacava pela enorme criatividade cômica e pela habilidade como ginasta e equilibrista. Seus contemporâneos diziam que ele era o pai de todos os que, de cara pintada e colarinho alto, sabiam fazer o povo rir.


Fonte: IBGE

2 comentários:

Xandão disse...

huuum, acho que sou mágico-equilibrista escondido em cambalhotas diárias.

Parabéns.

Fernando disse...

Lindooooooooo!!!! Hehehe...



Ass: Risadinha.