sábado, julho 17, 2010

Glauco e Sila


Glauco era uma divindade marinha cujas origens divergem, mas a lenda mais conhecida diz que era filho de um pescador. Um dia, pescando em uma ilha, descobriu que a relva onde colocava os peixes que apanhava os trazia de volta à vida. Decidiu então provar as folhas.

O jovem logo sentiu vontade de entrar na água, e os deuses Oceano e Tétis receberam o novo membro com honras. Seu aspecto mudou, passou a ter cabelos verdes e cauda de peixe no lugar das pernas. A partir daí, pertencia definitivamente ao mar.

(...)

Solange Firmino

Leia o texto completo na coluna Mito em Contexto, em Blocos online.


Imagem: A feiticeira Circe, de J.W. Waterhouse.

3 comentários:

Geraldo de Barros disse...

Solange, muito bom. É de uma riqueza essas suas postagens, só tenho que agradecer por compartilhar coisas tão boas.

beijo
G

Anônimo disse...

Solange, parabens por tão precioso trabalho.
Obrigada.
Beijo.
Josi

Menina Marota disse...

Muito bom! Vim recomendada por amigo e fiquei fã.

Um abraço