sábado, maio 15, 2010

Nêmesis, a Justiça Divina


Na tradição Órfica, o Universo e os deuses primordiais nasceram do Ovo Cósmico de Nix, que surgiu de um desdobramento do Caos. Érebo era a escuridão profunda do momento da criação, e mais tarde passou a se localizar na região subterrânea do Hades. A escuridão acima de Gaia era representada por Nix, que se uniu a Érebo e criou Éter, a luz atmosférica, e Hemera, a luz do dia; depois se desdobrou e gerou sozinha divindades como as Hespérides, as Moiras, Éris, Lete e Nêmesis.

Quase todos os descendentes de Nix foram abstrações personificadas, como Nêmesis, que simboliza a indignação pela injustiça praticada e a punição divina diante do comportamento desmedido dos mortais. Sua função essencial é restabelecer o equilíbrio, quando a justiça deixa de ser praticada. No significado da palava nêmesis em grego está o verbo distribuir, daí ser Nêmesis a “justiça distributiva”.

(...)

Solange Firmino

Leia o texto completo na coluna Mito em Contexto, em Blocos online.

Imagem: Nêmesis de Alfred Rethel, 1837.

Um comentário:

Geraldo de Barros disse...

Solange, que postagem rica de cultura, adorei, parabéns!

;)


Beijo,
Geraldo.